Tradição Natalina : saiba mais sobre o panetone

Panetone Natal Panetone

A ceia de Natal, além de tradicional, representa um momento único em que todas as famílias se reúnem para celebrar a vida e compartilhar o amor. Com esse significado tão especial, a anfitriã tem cuidado redobrado ao decorar a mesa e escolher o que será servido para agradar todos os gostos. Mas é claro que alguns pratos não podem faltar como é o caso do panetone, que sempre tem presença obrigatória e espaço garantido na mesa.

Essa delícia natalina pode ser servida de diversas formas, porém a sua receita dificilmente consegue ser replicada de forma caseira. A descoberta italiana conquistou o paladar dos brasileiros e com muita criatividade, os panetones começaram a ganhar alguns acompanhamentos como o sorvete, coberturas extras de brigadeiro, doce de leite, bicho-de-pé, castanhas entre outras opções.

Para quem acaba exagerando um pouquinho no consumo do panetone na época das festividades, vale destacar que ele pertence ao grupo dos carboidratos, ou seja faz parte do grupo dos energéticos, o que é bom desde que consumido moderadamente. De acordo com a Supervisora de Gastronomia e Nutrição Fatima Corradini, trata-se de um alimento rico em gorduras trans e gordura vegetal hidrogenada. “Embora encontremos a versão light com até 50% a menos de gordura e até 25% a menos de calorias, e versão diet com Zero açúcar e específica para diabéticos, o alimento ainda possui um acréscimo de gordura em sua composição e deve ser consumido moderadamente já que podemos encontrar até 270 calorias em 80g (1 fatia) do produto”, reforça a especialista.

Das versões oferecidas no mercado, a nutricionista garante que os panetones tradicionais com frutas cristalizadas, damascos e uvas passas são as melhores opções considerando o valor nutricional. “As frutas secas e cristalizadas são alimentos que também encontramos em maior prevalência nesta época do ano, além de práticos, saborosos e nutritivos. Ricas em compostos fenólicos, ou seja, possuem ação antioxidante que age no combate ao envelhecimento das células, contem fibras, vitaminas e minerais”. A nutricionista ainda explica que podem ser consumidas diariamente como lanches, nos intervalos das principais refeições, em preparações como bolos, tortas, arroz, saladas etc., e pede atenção somente às frutas cristalizadas, pois estas possuem açúcar de adição, tornando as mais calóricas, para tanto, consuma com moderação.